Seguidores

quinta-feira, 22 de junho de 2017


Série Fernando Pessoa numa tarde de incertezas !

Dancemos cirandas , em torno do congresso !
Justiça social, paz, trabalho !
Como se constrói a democracia ?

Que a poesia alcance Brasília, irmanados num canto de amor !

Não ser mera , sombras sem o Sol !
Alma por nascer.

Quantos amores para desbravar a poesia ?
Quantos poemas são necessários para abrir um portal?

É preciso navegar nos pensares de algum educador !
Mas Pessoa é amor !

É a leitura de Fernando Pessoa se encerra com o carregar de uma bateria !

Joka

João Carlos Faria

Nenhum comentário: